quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Dia de Reis em Florença...



Epifania a Firenze! 
 Questa festività viene rievocata con un corteo chiamato la “Cavalcata dei Magi”.
Assim o sonhei...
Assim o escrevi e pintei...
Assim acordei neste chuvoso dia de brandas palavras...
E assim estou, neste 'Dia de Reis em Florença'.



Agarro neste Taschen, neste Botticelli que me inspira ao regresso...
Saudades... Sim, talvez seja apenas uma bela saudade da Vecchia Firenze...
Nascimento de Vénus. Natividade. Vénus e Marte. A Primavera.
Recordo Sandro e os seus trabalhos...
Os Médicis e o seu vasto conhecimento...
Os Reis Magos e a questão da real cor de Baltazar...
Sorrio e deixo-me ficar...
"Entrando na casa, viram o menino, com Maria sua mãe. Prostando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra."



Falemos agora um pouco deste Gran Signore...
Pintor Italiano da segunda metade do Século XV e discípulo de Fra Filippo Lippi. Culto e de temperamento artístico apaixonado, desenvolve uma pintura narrativa e cria a sua própria oficina, começando a trabalhar para os Médicis. Alcança a maturidade com La Primavera e leva a cabo notáveis pinturas murais na La chiesa di Ognissanti de Florença, sua cidade natal. Um ano mais tarde, em Roma, faz parte da equipa encarregada das composições murais para a Capela Sistina.



Regressa a Florença, onde tem numerosas encomendas. Pinta as quatro tábuas da História de Nastagio degli Onesti, seguindo-se uma série referente à Divina Comédia de Dante.
No final da sua vida, deixa de tratar temas mitológicos e profanos e renuncia aos achados da perspectiva, voltando assim a uma pintura medieval.
Contemplemos o notável Sandro Botticelli e o meu Dia de Reis em Florença.

FerdoS

8 comentários:

  1. Salve o NOVO ANO !
    Que ele seja de PAZ e de muita Saúde. E que estejamos juntos por mais um ano.
    assim Seja !
    Olá, como vai ? Estou aqui para divulgar um pouco da minha cultura, a história de nossos antepassados ( que amo muito e tenho receio que se perca em meio a essa enxurrada de informações que somos acometidos ultimamente) e, para isso, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... começa o ano contando um pouco sobre esse espetáculo maravilhoso que é a FLOLIA DE REIS ou REISADO, comemorado no dia 6 de janeiro. Aqui eu também coloco as famosas simpatias das Romã, muito utilizada no dia 6 de janeiro para atrair dinheiro. Para quem curte uma simpatia, vale a pena fazer.Venha conferir.
    E para quem não conhece o meu espaço, convido a dar uma chegadinha até lá para conhecer o meu cantinho de histórias, o link está logo abaixo.
    Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
    Saudações Florestais !
    SIGA-ME em : http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Belíssima descrição e nobre o teu sentir, na tal Ama e Coração que sabes intensamente nutrir. Firenze é anseio e um revisitar talvez, este o teu meio de mostrar quem no todo és. Sou tua fã, já te disse hoje?!?GM

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pelo convite e visita amiga Silvana...
    Irei visitar sim, conhecer suas histórias e contos, nesse seu cantinho especial.
    E, saudando um novo ano, que esses mesmos ventos vos soprem sempre no bom sentido, a favor da mais bela Sensação, A Nobreza do Sentir!
    Seja sempre bem-vinda
    Um abraço Verde Natura para si

    ResponderEliminar
  4. Minha querida, deliciosas palavras suas... Elevando-me o Sentir em todo o seu potencial.
    Alma e Coração agradecem por essa Força que me alimenta e acalma um mundo de efervescente Devoção.
    E não, ainda não tinhas dito hoje... Mas, agora que o 'ouvi', tudo parece ter ainda mais razão.
    Firenze... Hummm... Sabes que?!... Sim, tu sabes.
    Grazie grazie mia Gi

    ResponderEliminar
  5. Salve o NOVO ANO que se inicia!
    Que ele venha coroado de PAZ e de muita Saúde. E que estejamos juntos por mais um ano.
    Que Assim Seja !
    Passando para dar uma olhadela, mesmo que ainda não possa fixar-me na leitura. Logo farei um exame novo de vista e um possante novo (rs).
    Obrigada pela visita e por seu carinhoso comentário para com o meu trabalho.
    Volte mais vezes, FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... terá sempre uma história para contar.
    Saudações Florestais !
    http://www.silnunesprof.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. La Bella Firenze…

    Pequena metrópole de uma Toscânia eternamente singular, Florença impressiona pelos tesouros artísticos a cada passo, pela melancolia irresistível em cada detalhe. Apetece parar o tempo no cruzar romântico do Rio Arno, sentir a magia da Ponte Vecchio uma e outra vez, o charme permanente da Piazza della Signoria quando o entardecer invade docemente a cidade.

    Tudo em Florença apela a emoções fortes, a despertares de um sono profundo...

    Sabe bem passear pelas praças ensolaradas, sentir as pedras que os Romanos deixaram como mapa emotivo da cidade.

    A Florença da época medieval ainda vive em estreitas ruelas e magníficas igrejas góticas, assim como a cidade continua a preservar tesouros de uma quase esquecida era romana.

    De facto, esta cidade possui um dos mais extraordinários legados arquitectónicos e artísticos do planeta. Pensa-se em Florença, pensa-se em Renascença, nos Uffizi, no "David" de Michelangelo, no Arno, na Ponte Vecchio. Literalmente, ela é um eterno desfilar das mais notáveis obras do Renascimento.

    Aaaah… e dos retratos de Vénus, por Sandro Botticelli, que dizer…

    Vênus, por ter sido eleita a mais bela das deusas, a deusa do amor e da paixão humana, teve diversas representações nas artes através dos séculos. Das esculturas clássicas às pinturas renascentistas, passando pelo expressionismo, Vênus adquiriu vários rostos, vários corpos, mas nenhum foi mais famoso do que a Vênus de Sandro Botticelli, retratada na sua obra mais famosa, “O Nascimento de Vênus”. A imagem nua da sua Vênus de cabelos dourados, emergindo do mar sobre uma concha, correu o mundo e o imaginário das pessoas. Famosa como a Mona Lisa de Leonardo da Vinci, ou o David de Michelangelo, a Vênus nua não foi o único retrato da deusa feita por Botticelli. Outras grandes pinturas não menos famosas, “A Primavera” e “Vênus e Marte”, trazem uma Vênus vestida, menos sensual e com características menos profanas, como no caso do primeiro quadro. Seja qual for o retrato de Vênus que saiu das pinceladas de Botticelli, elas trazem a beleza do renascimento italiano.

    Nas três obras, Vênus eterniza-se com os seus cabelos longos e dourados, mostrando que o mito foi além da imaginação humana, traduzido na beleza da arte e de um grande artista.

    ResponderEliminar
  7. Peguei num Sorriso, perdido sob as águas de uma Ribeira e Fechei-o nas minhas mãos, como se do Mundo se tratasse. Coloquei-o nas asas de um Colibri, que satisfeito voou, cantando... para aqui o vir poisar!

    Adorei o teu Blog.

    Sabe bem banhar os olhos neste imenso azul! :0)

    ResponderEliminar
  8. Minha querida Ana Lua,
    bem-vinda a este Azul Profundo de ultramarino partilhar! Não é o Jardim-Terra-Mãe, mas uma porção do Rio-Mar-Pai, pois não existiria Jardim se não existisse água doce a abençoar :)

    Adorei o teu visitar e as enriquecidas palavras, recordações e sensações, com que nos brindaste neste teu Ensinar... Vero!
    Firenze é magia, é renascer, é cultura e formosura, em cada recanto, em cada respirar, em cada instante, com os seis sentidos sempre a 'trabalhar'!

    Bellissimo il vostro Venus sapere, Ana Luna...

    E sabes?!... Existe por aqui um cantinho que aguarda o teu pintar!... Sim :)
    Esperemos que esse Colibri volte a pousar e nos traga boas noticias no seu regressar...
    E que sejam sempre bem-vindos, ele e a tua brisa soprada além mar.

    Grazie amico(a) Ana Luna
    Dolce bacio per te

    (E quem faz aninhos dia 14 quem é?!...) ;)

    ResponderEliminar